Container

Rádio Liberdade AM - Ver no mapa

Endereço: Rua General Osório, 943 - Centro - canguçu - RS - CEP 96.600-000

Telefone: (53) 3252-1515 - Celular: (53) 98426-6816 - - Twitter: @@liberdade_am

Horário de Atendimento: De Segundas às Sextas - 08:00 às 17:30 - Sábados 09:00 - 13:00 - Domingos e Feriados: Fechado

Aqui sua mensagem vai mais longe

Plataforma Portais Eletrônicos

Identifique-se

Painel de Controle

Mala Direta

Notícias

Temporal causa danos em sete municípios do RS e deixa 134 pessoas desabrigadas

Publicado 10/01/2019 15:17

A forte chuva na região da Fronteira Oeste do Estado, desde a noite de terça-feira, afeta pelo menos sete municípios gaúchos e deixou mais de 134 pessoas desabrigadas e 14 desalojadas. Conforme o último boletim divulgado pela Defesa Civil, Alegrete, Bagé, Dom Pedrito, São Francisco de Assis, Uruguaiana, São Borja e Jaguari, que não estava na tabela de danos ontem, são os locais mais castigados pelo temporal.

A situação mais grave ocorre em Alegrete, onde um homem morreu após um árvore cair sobre sua casa. Houve queda de árvores sobre a RS 377, que liga o município a Manoel Viana, e o rio Ibirapuitã superou cota de transbordamento, a 11m 60cm acima do nível normal. Na quarta, a prefeitura decretou situação de meregência e registrou nas últimas 72 horas, 375 mm de precipitação. Os estragos também deixaram três pessoas desalojadas e 126 desabrigadas.

Em Bagé, há alagamento nas ruas, residências destelhadas, postes caídos e três pessoas desalojadas. Dom Pedrito regista pessoas oito desalojadas e outras oito desabrigadas, e o Rio Santa Maria está cheio. Já em São Borja e São Francisco de Assis, residências estão alagadas e estradas estão bloqueadas, impossibiliando o acesso ao interior do município.

Dezesseis pessoas foram retiradas de suas residências em Jaguari, em uma área de inundação do rio de mesmo nome, nesta madrugada. Uruguaiana, que também  decretou situação de meregência, a chuva intensa e vento forte resultaram no destelhamento de casas, queda de postes e consequetne falta de energia elétrica, principalmente no interior do município.

Compartilhe

Delicious Digg Google Bookmarks Mixx MySpace Reddit Sphinn StumbleUpon Technorati RSS

Deixe um comentário

ATENÇÃO: O comentário não exige identificação e somente será publicado quando aprovado pelo editor do site.

Siga esta matéria

Informe seu nome e e-mail abaixo para o sistema enviar um aviso quando houver atualizações nos comentários desta matéria.

Banner Publicitário